Reconciliação

Há-de uma grande estrela cair no meu colo...
A noite será de vigília,

E rezaremos em línguas
Entalhadas como harpas.

Será noite de reconciliação --
Há tanto Deus a derramar-se em nós.

Crianças são os nossos corações,
anseiam pela paz, doces-cansados.

E nossos lábios desejam beijar-se --
Porque hesitas?

Não faz meu coração fronteira com o teu?
O teu sangue não pára de dar cor às minhas faces.

Será noite de reconciliação,
Se nos dermos, a morte não virá.

Há-de uma grande estrela cair no meu colo.


Else Lasker-Schüler
Baladas Hebraicas
Assírio & Alvim, 2002
Tradução de João Barrento

2 comentários:

bruno sousa villar disse...

Conheci esta nova poética através de um dos Poemários da Assírio & Alvim. Caso para bendizer esse dia.

moriana disse...

Gosto muito desses Poemários, costumo adquirilos ou são-me oferecidos.

O meu encontro foi ocasional, numa das múltiplas feiras de livros que se realizam pela cidade. Agora, uma confissão: apaixonei-me pela cor da capa, violeta-rouxo. Dei voltas e mais voltas pelas bancas, mas voltava sempre aquela onde o livro estava exposto. Achei-o caro, para uma feira. Abri-o e...não resisti. é que a capa condizia com o conteúdo, em design e, claro, em conteúdo :)